fernandoygor

Planos Instituídos – proximidade do prazo limite para se adequar à Resolução CNPC n° 23/2015

O Conselho Nacional de Previdência Complementar – CNPC determinou às Entidades Fechadas de Previdência Complementar, que administram planos de benefícios instituídos por instituidor, adequarem os respectivos Regulamentos às novidades apresentadas pela Resolução CNPC n° 23/2015, dentro do prazo de 180 dias, contados a partir da publicação da antedita Resolução. Como é sabido, circulou, no D.O.U.…

Detalhes

Joao-Marcelo3-POSTS

Publicada Instrução que regulamenta a nova norma de solvência

Circulou no Diário Oficial de 11 de março de 2016 a Instrução Previc nº 26, que estabelece orientações e procedimentos a serem adotados pelas EFPC na aplicação da Resolução CGPC nº 26/2008, que sofreu substanciais alterações por ocasião da Resolução CNPC nº 22/2015. Trata-se de uma norma que estava sendo ansiosamente aguardada pelo segmento, em…

Detalhes

mariana-sabino

A importância do trabalho sinérgico entre o atuário e o contador nos fundos de pensão

O começo do ano civil é sempre movimentado para os profissionais envolvidos com o fechamento das demonstrações financeiras das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), especialmente para atuários e contadores. Assim, considerando-se que no último dia de fevereiro finalizou-se o prazo de envio à Previc dos balancetes referentes ao mês de dezembro dos Planos de…

Detalhes

ygor-3

Fundos de pensão deixam de ter proteção do FGC

Criado em 1995, o Fundo Garantidor de Crédito – FGC é uma entidade privada sem fins lucrativos, que administra um mecanismo de proteção aos correntistas, poupadores e investidores, permitindo recuperar os depósitos ou créditos mantidos em instituição financeira, nas seguintes situações: Decretação da intervenção ou da liquidação extrajudicial de instituição associada; Reconhecimento, pelo Banco Central do Brasil,…

Detalhes

PREVIDENCIA

Gestão de risco e controle para os fundos de pensão dos servidores

O regime de previdência complementar no Brasil é importante fator de proteção social e desenvolvimento econômico nacional, sobretudo no estímulo da poupança de longo prazo. Está em desenvolvimento no país a nova previdência dos servidores públicos com a proposta de dar maior sustentabilidade para o futuro de maneira a viabilizar a transição do atual modelo…

Detalhes

mercer-gama

Transferência de riscos no ambiente de entidades fechadas de Previdência Complementar (EFPCs)

A gestão atuarial dos fundos de pensão – notadamente aqueles que administram planos que contenham algum componente de risco em seus desenhos – tem se consolidado como uma das principais preocupações das empresas patrocinadoras desses programas de benefício. Os contínuos ganhos de longevidade (melhoras na expectativa de vida), aliados às oscilações em torno das premissas…

Detalhes

Guilherme

Estamos diante da necessidade de um novo modelo de previdência complementar?

Redução no número de entidades. Crescimento vegetativo do patrimônio total. Aumento anual de menos de 0,5% no número de planos e de 2% no de patrocinadores. Estes indicadores representam a realidade da previdência complementar fechada no Brasil, nos últimos cinco anos: o sistema está estagnado. Com grande parte dos maiores planos atingindo a maturidade e…

Detalhes