Para melhor entendimento, classificamos a gestão de previdência complementar em ciclos, da estruturação a maturação do plano, não sendo necessário obrigatoriamente seguir esta ordem.

Confira:

Fase 0: Criação e Implantação

Estruturação inicial

  • Assessoria na escolha do tipo de Plano Previdenciário (PGBL, VGBL, BD, CV ou CD);
  • Seleção de Provedores (EFPC/EAPC);
  • Assessoria na Criação de EFPC própria; e,
  • Adesão ao MercerPrev.

Construção do Plano

  • Modelagem/Desenho de Plano de Benefícios;
  • Pesquisas de Mercado e Estudos customizados de Benchmark;
  • Assessoria Atuarial; e,
  • Assessoria Jurídica.

Implantação do Plano em EFPC

  • Apoio à implantação do Plano (Acompanhamento do Processo junto aos Órgãos competentes);
  • Website para inscrição e migração de participantes;
  • Campanhas de Comunicação;
  • Outsourcing parcial ou total dos processos operacionais;
  • Disponibilização de Canal de Atendimento aos Participantes;
  • Suporte à EFPC nos aspectos de Governança, Operações e TI; e,
  • Treinamentos em todas as áreas relacionadas à gestão previdencial.
Fase I: Gestão e Manutenção

Assessoria Jurídica

  • Adesão de Novas Patrocinadoras;
  • Alterações Regulamentares e Estatutárias;
  • Aditamento do Convênio de Adesão; e,
  • Suporte à interpretação de dispositivos regulamentares e normativos.

Gestão Atuarial

  • Avaliação Atuarial (PREVIC / CVM / IFRS / USGAAP) e Estudos de Aderência de Hipóteses;
  • Auditoria Atuarial, de Benefícios e de Cadastro;
  • Estudos de Convergência de Taxa de Juros;
  • Projeções atuariais/financeiras em geral; e,
  • Gestão e Compartilhamento de Riscos.

Gestão de Investimentos

  • Monitoramento, Avaliação de Performance e Análise de Risco;
  • Estudos de ALM/LDI, Cash-Flow matching, Política de Investimentos e Seleção de Gestores;
  • Compliance, suporte ao Conselho Fiscal e acompanhamento dos Mandatos; e,
  • RadarMecer (monitoramento online do retorno dos investimentos de seu PGBL/VGBL)

Gestão Operacional

  • Criação de Estratégias e operacionalização da Comunicação com Participantes e Assistidos;
  • Atendimento ao Participante e Assistido;
  • Administração dos processos de Cadastro, Contas, Benefícios, Contabilidade e Tesouraria;
  • Atendimento ao cronograma anual de obrigações legais junto à Previc e RFB;
  • Assessoria técnica e operacional aos Dirigentes, Conselho Deliberativo e Fiscal;
  • Atendimento e elaboração de respostas à fiscalizações; e,
  • Suporte à EFPC nos aspectos de Governança, Controladoria e Gestão de riscos operacionais.
Fase II: Transformação

Concepção da Mudança

  • Estudos de Benchmark;
  • Pesquisa e proposição de soluções inovadoras;
  • Avaliação dos custos envolvidos; e,
  • Planejamento Estratégico.

Gestão da Mudança

  • Adesão de Patrocinadoras e Instituidores;
  • Condução de Estratégias Previdenciais como Incorporação/Cisão/Fusão;
  • Estratégias de Comunicação e Relacionamento com Participantes e Assistidos;
  • Mapeamento e redesenho de processos;
  • Apoio ao “Due-Diligence” em processos de aquisição;
  • Implementação de perfis de investimentos;
  • Reavaliação e Simulações Atuariais;
  • Remodelagem de Planos e alterações regulamentares; e,
  • Revisão de Investimentos e Políticas.
Fase III: Delegação e Contingência

Continuidade e Sustentabilidade

  • Assessoria Jurídica;
  • Gestão e Compartilhamento de Riscos;
  • Outsourcing parcial ou total de Processos Operacionais; e,
  • Suporte à Governança.

Liquidação e transferência

  • Condução de Estratégias Previdenciais como Retirada de Patrocínio, Saldamento de Planos de Benefícios, Migração de Massas e Reservas;
  • Estratégias de Comunicação e Relacionamento com Participantes e Assistidos;
  • Operacionalização de pagamentos de Retirada ou Saldamento;
  • Migração do Plano de Benefícios para o MercerPrev; e,
  • Seleção de Provadores (EFPC/EAPC).